10 coisas para saber antes de instalar um sistema fotovoltaico de energia solar | Alpha Solar

10 coisas para saber antes de instalar um sistema fotovoltaico de energia solar

10 coisas para saber antes de instalar um sistema fotovoltaico de energia solar

A instalação de um sistema fotovoltaico é uma decisão que deve envolver muita ponderação. Afinal, além do investimento, são necessários alguns conhecimentos que vão te ajudar a aproveitar tudo o que o sistema de energia solar fotovoltaico tem para oferecer, por muito mais tempo. 

Para te ajudar nessa missão, trouxemos neste artigo 10 coisas que você deve saber antes de instalar um sistema fotovoltaico de energia solar. Confira!

1. Como funciona um sistema fotovoltaico

Responsável pela geração de energia solar, o sistema fotovoltaico possui um funcionamento simples. Primeiro, seus painéis solares absorvem a luz do sol e convertem-na em energia.

No entanto, esta energia ainda não está pronta para ser usada. Para isso, ela deve passar pelo conversor. Um aparelho que faz a conversão da corrente contínua para a corrente alternada. A partir daí, a energia já está pronta para ser distribuída no imóvel. 

principios-de-funcionamento-da-energia-solar-fotovoltaica

2. Sistemas fotovoltaicos têm um retorno maior que o da poupança

Você sabia que o investimento em um sistema de energia solar fotovoltaico rende mais que a sua aplicação na poupança? Isso porque a poupança rende, em média, 6% ao ano. Enquanto os aparelhos de energia solar estão ficando cada vez mais valorizados. E oferecem um retorno que pode variar entre 8% e 18% ao ano!

3. A energia solar valoriza o seu imóvel

Locatários e compradores estão cada vez mais criteriosos com os imóveis que buscam. Além de uma boa localização, área  e disposição dos cômodos, eles também dão preferência para opções sustentáveis e econômicas.

E é aqui que a instalação de um sistema fotovoltaico destaca o seu imóvel dos demais. Afinal, o que você prefere: um imóvel que depende 100% da rede elétrica e está sujeito à bandeiras tarifárias e aumentos abusivos. Ou um que possui um sistema eficiente que gera até 95% de economia.

Aposto que escolheu a segunda opção, né? E é justamente essa preferência que têm garantido aos imóveis com sistema fotovoltaico uma valorização de até 30%.

4. Não deixe de contratar um seguro

Até outubro, a expectativa do aumento no uso de energia solar era de 67%. Esse crescimento, fez com que surgisse um novo mercado para a área de seguros. 

Há quem pense que é bobagem, mas um bom seguro para seus painéis solares pode te proteger dos possíveis prejuízos inerentes a este segmento.

Um bom seguro de danos, por exemplo, cobre avarias infringidas ao equipamento já instalado e em uso. Ele normalmente oferece cobertura para riscos relacionados a chuvas, ventos, incêndio, queda de raio, explosão, etc.

Além disso, também existem os seguros que garantem que os consumidores sejam indenizados caso de danos provocados em seus equipamentos e prejuízos a terceiros, de acordo com a cobertura contratada.

5. Um sistema fotovoltaico pode gerar créditos de energia para outro imóvel

Na grande maioria dos casos, o sistema de energia solar fotovoltaico produz mais energia do que o consumidor necessita. 

Nesses casos, o excesso de energia é enviado para a rede elétrica da concessionária. Ela, por sua vez, transforma esse excedente em créditos de energia. Eles podem ser usados nos meses de menor incidência dos raios solares, quando a produção de energia é menor.

Ou, podem ser enviados para outro imóvel, desde que ele esteja registrado no mesmo CPF e seja abastecido pela mesma empresa que o imóvel principal.

6. É possível economizar independente da sua localização

Globalmente, uma das principais dificuldades para a instalação de sistemas fotovoltaicos é a incidência da luz solar. 

Em alguns países da Europa, por exemplo, os meses mais frios tem dias mais curtos. Em que a exposição solar é reduzida e compromete a economia gerada pelo aparelho.

Pensando nisso, pesquisadores estudaram posicionamentos capazes de aumentar a eficiência desses aparelhos.

Aqui no Brasil, os sistemas fotovoltaicos devem estar voltados para o Norte, com uma inclinação similar à latitude local. Isso não é possível para você? Não se preocupe!

Mesmo nas estações mais frias, o Brasil recebe uma incidência solar suficiente para manter sua produção, sem deixar você na mão. Independente da direção das placas solares.

7. Preste atenção nas garantias

Todo fabricante oferece um determinado período de garantia pelo sistema de energia solar fotovoltaica. Ele normalmente dura entre 25 e 30 anos. Mas, para que o seu aparelho tenha uma vida útil superior à garantia, é importante certificar-se da qualidade realizada pelos instaladores.

Além disso, também é importante que a empresa responsável pela instalação se responsabilize por possíveis danos estruturais. Como, por exemplo, furos em seu telhado, causando vazamentos, ou de estruturas que não foram devidamente fixadas.

8. Pesquise sobre a manutenção

Apesar de ser barata e pouco frequente, uma boa manutenção faz muita diferença quando falamos de energia solar. Quando bem feita, ela prolonga a vida útil do sistema fotovoltaico e garante o máximo de economia.

Isso porque, com o passar do tempo, os painéis solares ficam sujos. E podem ser bloqueados parcial ou totalmente por galhos e folhas, prejudicando assim a sua captação solar e produção de energia.

As placas solares devem ser limpas uma vez por ano, ou de seis em seis meses em regiões de muita chuva. Mas essa frequência pode variar um pouco de acordo com as  características do seu bairro.

Ficou na dúvida? Dê uma olhada nas suas placas. Camadas finas de poeira podem causar uma perda energética de 5%. Mas camadas mais grossas podem resultar em uma redução de até 20%!

9. Economia de até 95% na sua conta de luz

contas de luz comparando com e sem placas de luz solares

O maior atrativo da energia solar é, sem dúvida, a economia na conta de luz. Com aumentos cada vez mais constantes e bandeiras tarifárias de valores abusivos, o sistema fotovoltaico representa uma economia de longo prazo para você.

Além disso, nos casos em que você produzir mais energia que o total consumido, esse excesso é enviado para a concessionária. E, posteriormente, é convertido em créditos que podem ser utilizados em até 5 anos.

10. Faça uma escolha consciente

Antes de bater o martelo, pesquise os valores cobrados na sua região. E, se possível, pesquise também sobre as empresas que atendem a sua cidade. Veja o que os antigos clientes têm a dizer sobre ela.

Afinal, a contratação de um sistema fotovoltaico é um grande investimento. E você não quer se surpreender com um serviço mal feito, né?

Metodologia Alpha Solar

Nós da Alpha Solar temos um compromisso de oferecer a proposta de melhor custo-benefício. Para isso, levamos uma equipe de especialistas para avaliar locais de instalação e entender a sua necessidade de geração de energia.

Com base nesses dados, realizamos cálculos que nos permitem compreender qual investimento é mais vantajoso para você — sempre considerando os efeitos a curto e longo prazo.

metodologia Alpha Solar

projetos de energia solar fotovoltaica Alpha Solar

× Faça um orçamento!