Energia solar no Brasil: principais marcos | Alpha Solar

Energia solar no Brasil: evolução e principais marcos

Energia solar no Brasil: evolução e principais marcos

Energia solar no Brasil: evolução e principais marcos

Com a sua primeira usina solar construída em agosto de 2011, a Energia Solar no Brasil vem conquistando cada vez mais espaço na nossa matriz energética. 

Para você ter uma ideia, a ANEEL estima que entre 2013 e 2020 esse tipo de geração de energia elétrica cresceu em média 151% ao ano. Ainda assim, esse mercado ainda tem muito que evoluir para atingir todo seu potencial.

Por isso, a nossa missão neste artigo é compartilhar alguns dados importantes. Além de ajudar você a entender por que a energia solar fotovoltaica é a energia do futuro! Confira.

Evolução da energia solar no Brasil

O Brasil é um país geograficamente privilegiado em questões de geração de energia solar. 

Quer um exemplo? A cidade brasileira com menor incidência solar, recebe mais raios solares que a cidade líder mundial nesta produção de energia.

Ou seja, temos muito potencial para explorar! E, graças aos esforços e incentivos da administração pública, o Brasil caminha para se tornar uma potência no mercado mundial de energia solar.

Pensando a nível estadual, o top 5 no ranking de produção de energia solar no Brasil aparece da seguinte forma:

  • 1º lugar: Minas Gerais 671,5 MW
  • 2º lugar: Rio Grande do Sul 446,90 MW
  • 3º lugar: São Paulo 440,1 MW
  • 4º lugar: Paraná 275,6 MW
  • 5º lugar: Mato Grosso 211,4 MW

Esses dados são da ABSOLAR, e se referem à produção de energia registrada até setembro de 2020.

Atualmente, o Brasil possui 285.366 sistemas fotovoltaicos ligados à rede. E, graças a eles, a produção de energia elétrica fotovoltaica bateu recordes. Como, por exemplo, a média diária de 753,1 MW.

Esse crescimento, em 2019, garantiu ao Brasil a 16º posição no ranking mundial.

Evolução da energia solar no Brasil

Uso da energia solar fotovoltaica no Brasil

De acordo com os relatórios da ANEEL e da ABSOLAR, a energia solar ainda corresponde a apenas 1,7% da matriz energética do Brasil. Sendo que, do total utilizado, 72,6% é referente à energia solar residencial, 17,99% por comércio e serviços e 6,25% por atividades rurais.

Matriz elétrica Brasileira

Em 2020, atingimos um total de 30 mil imóveis com sistemas fotovoltaicos instalados. O que gerou um crescimento de 45% em comparação a 2019.

Esse salto foi impulsionado pelo desejo do consumidor de encontrar soluções que ajudassem a reduzir os gastos com energia elétrica, além de valorizar o imóvel. 

Outros fatores que também ajudaram no crescimento do setor foi a preocupação ambiental. Afinal, a energia solar é uma energia renovável de fonte inesgotável.

Por isso tem chamado a atenção de indústrias e empresas que desejam reduzir suas emissões de gás carbônico.

Quer saber mais sobre as vantagens do uso de energias renováveis para empresas e indústrias? Confira os nossos artigos: “Energia Solar para empresas: guia completo para o seu negócio” e “Energia solar para indústrias: 7 vantagens do uso

Usinas solares no Brasil

As usinas são grandes complexos de sistemas solares, compostos por diversos painéis solares. 

Conhecida também como parque solar ou fazenda solar, o principal objetivo da usina solar fotovoltaica é: capturar, converter e distribuir energia solar para grandes concessionárias e distribuidoras.

Funcionamento das usinas solares

Uma das principais vantagens das usinas solares é seu perfil sustentável. Isso fica claro quando analisamos os dados. Uma usina solar de 100 MWp, por exemplo, gera energia para 20 mil casas. E com isso, evita a emissão de até 175 mil toneladas de CO2 por ano.

No Brasil, estima-se que até 2040 nossas usinas solares serão capazes de gerar 126 GW. Superando a produção de energia gerada por hidrelétricas, que hoje ainda é uma das principais fontes de energia brasileira.

Em 2019, as 10 principais usinas solares brasileiras foram listadas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). São elas:

  • Usina solar de São Gonçalo (475 MW);
  • Usina solar de Pirapora (321 MW);
  • Central Fotovoltaica Juazeiro Solar (156 MW);
  • Usina solar Nova Olinda (292 MW);
  • Parque solar Ituverava (292 MW);
  • Complexo solar Lapa (168 MW);
  • Usina solar Guaimbê (150 MW);
  • Parque solar Paracatu (132 MW);
  • Usina solar Apodi (132 MW);
  • Usina solar de Tauá (1 MW);

Benefícios do uso da energia solar no Brasil

Além da economia gerada para quem usa, a energia solar também proporciona uma série de benefícios para o povo brasileiro como um todo. Entre eles, não podemos deixar de destacar:

  • Geração de empregos:

Ao todo, mais de 190 mil postos de emprego foram criados no Brasil por causa do desenvolvimento da energia solar.

  • Aumento nos investimentos privados:

Houve um aumento de R$33,1 bilhões em novos investimentos privados.

  • Arrecadação de impostos:

Mais de R$9,6 milhões em arrecadação de impostos ao poder público.

Leia Também: Energia Solar em Macaé e região: saiba tudo sobre o serviço

Metodologia de energia fotovoltaica da Alpha Solar

Banner no artigo "Energia solar no Brasil" para projetos Alpha Solar

× Faça um orçamento!